Cantadas broxantes

Gata, quanto mais você corre de mim, mais me amarro no teu corrimento.

Gata, me chama de Tarzan e segura no meu cipó!

Seu pai é borracheiro? Não, por que você me acha uma graxinha? Não, porque tô vendo uns pneuzinhos.

Gata, quer ir pra lua? Sim? Então senta no meu colo, que o foguete sobe!

Ei Gata, se você gosta de pinto mole, prepare-se… hoje vou te deixar louquinha!

Gata, você é o focinho de porco da minha feijoada.

Oi, eu transo no primeiro encontro. E você?

Me chama de Wando, e jogue sua calcinha!

Gata, não sou ursinho de pelúcia, mas posso dormir agarradinho com você?

Gata, você não é velocímetro, mas faz o meu ponteiro subir!

Gata, sabia que a maioria das vítimas de crimes envolvendo magia negra são Ei Gatas virgens? Quer se livrar dessa estatística?

Ei Gata, você está mais linda ou sua máquina fotográfica que está com mais potência?

Ei Gata, quero ser a micose da sua virilha!

Olá, você é um pão… posso colocar minha linguiça em você?

Você com esse pandeiro e eu com meu berimbau seria capoeira a noite toda!

E aí gata, topa namorar comigo? Topa? Beleza, então depois do carnaval a gente conversa.

Ei Gata, tá afim de sair? Só saio com a minha espécie! É só você fingir que eu sou um galo!

Gata, eu não sou Papai Noel, mas pode sentar no meu colo que o seu presente já está na embalagem.

Gata, não tenho carro, mas tenho um Core i7 lá em casa.

Gato, você não é a raiz quadrada de 16, mas me deixa de 4!

Gata, nossa, essa bunda toda só pra cagar?

Gata, você é a porca do meu parafuso!

Faça um comentário